HOME Matérias Aconteceu I Fórum Brasileiro de Hotéis Indepedentes 2018 tem início em São Paulo

I Fórum Brasileiro de Hotéis Indepedentes 2018 tem início em São Paulo

336
0
SHARE
A sala onde acontece o Fórum está lotada

Teve início na manhã desta quinta-feira, 26 de abril, o I Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes 2018, uma realização da rede Nobile Hotéis que acontece até o final do dia no hotel Wyndham Garden Convention Nortel, na zona norte da capital paulista. O evento, que conta com a Revista Hotéis  como Media Partner, recebe representantes e proprietários de hotéis independentes, fornecedores, players do mercado e mídia com debates, palestras e insights baseados em quatro pilares: poder de compra e venda, padrões operacionais, tecnologia e fidelização.

Roberto Bertino abriu o evento contando um pouco de como começou sua carreira na hotelaria

Roberto Bertino, Presidente e fundador da Nobile Hotéis, agradeceu a equipe de organização do evento, e contou como iniciou a trajetória de empreendedorismo de sua família, onde presenciou cada etapa da execução do projeto do primeiro hotel. “Ali ficou em mim a forma calorosa que meus pais recebiam os hóspedes. Depois de estudar administração, arrendei o hotel deles e seis anos depois, arrendei meu segundo hotel. Participei de todas as áreas da operação, ate cobrindo folgas na recepção e arrumava quartos em picos de ocupação”, mencionou.

Vários diretores da Nobile Hotéis estão participando do Fórum

Segundo ele, depois de dois anos do arrendamento de dois hotéis, Bertino notou uma alta demanda em Recife, ond lutou com forte concorrência. Sem forças para continuar, ele pagou funcionários e fornecedores e entregou os hotéis. Assim, entrou no mercado de trabalho e serviu diversas redes, aprendendo ainda mais e conquistando conhecimento suficiente para abrir sua própria operadora.

Há dez anos, a rede Nobile Hotéis alcançou o número de 9 mil quartos, e Bertino usou sua experiência para traçar um planejamento estratégico. Segundo pesquisa da Jones Lane LaSale, o número de hotéis independentes com até 20 quartos representa cerca de 36% da oferta hoteleira nacional (3.711), e com mais de 20 quartos chegam a  53,1%. Os hotéis de marcas nacionais (6%) e marcas internacionais (5%) também foram mencionados na pesquisa.

Dados da hotelaria apresentado por Bertino em seu discurso de abertura

A tecnologia tem grande poder de vendas e tem auxiliado no alcance dos hotéis, como a distribuição via OTAs. “Sobrevivemos da reputação, e se ela está baixa nós perdemos negócio. Os hóspedes não poupam o emprendimento em seus comentários, e precisamos investir em uma boa operação. Est fórum representa a oferta de soluções para as dificuldades que os hoteleiros enfrentam”, pontuou Bertino.

“Acredito que teremos dias melhores, com sinais de recuperação ainda este ano. Em Brasília, por exemplo, foi um mercado que melhorou, e hoje registr 72% em ocupação e aumento de 15% na diária média. Em São Paulo, o mercado é mais estável, e não sofreu grandes mudanças”.

Ainda pelo estudo da JLL, 64,9% dos clientes são hóspedes de negócios. “Neste caso, pensamos em como atender esta demanda. As agências de viagens corporativas representam 28% no share de receita da Nobile (Flytour, Carlson) – negociamos tarifas dos hotéis e eles dão acesso aos postos de vendas e a Nobile oferece o inventáario e atrativos. Hoje o Brasil é um país do viajante de negócios”.

Os temas do Fórum vão abranger desde estratégias de distribuição, reflexos das eleições na hotelaria, mercado corporativo e fraquezas e forças dos hotéis independentes e das redes, até soluções e alternativas financeiras para os empreendimentos. A segunda edição já tem data pra acontecer e será realizada durante a Equipotel São Paulo, em setembro.