HOME Matérias Aconteceu GRI Hotéis 2016 tem início na capital paulista

GRI Hotéis 2016 tem início na capital paulista

43
0
SHARE
À esquerda, Mauricio Molon, economista chefe no Banco Santander e Leonardo Di Mauro, Diretor Senior do GRI

O evento reúne os principais investidores, incorporadores, operadores hoteleiros e desenvolvedores que lideram o mercado nacional e internacional para discutir temas relevantes, compartilhar oportunidades e gerar novos negócios

O tema “Qual a receita para superar a recessão?”, ministrado por Mauricio Kehdi Molan, Economista Chefe no banco Santander, deu início há pouco ao GRI Hotéis 2016 – Global Real Estate Institute, que acontece até esta quinta-feira, 19, no hotel Pullman São Paulo Ibirapuera, na zona sul da capital paulista. O encontro de hoteleiros e empresários que atuam no segmento conta com a Revista Hotéis como Mídia Oficial, cobrindo o evento.

Leonardo Di Mauro, Diretor Senior do GRI, moderou a palestra e iniciou o debate questionando Molan sobre o momento político-econômico do Pais. Segundo o economista, esta e a maior crise da historia desde 1900. “A sociedade e os políticos, gostam muito do lado do gasto, e não visam resultados. Priorizam o quanto se investe ao invés do desenvolvimento dos programas, por exemplo. Acredito que será inevitável fazer uma rodada de aumento de impostos. Veremos cargas tributarias aumentando nos próximos meses neste governo”, prevê o economista.

O modelo deste evento é uma espécie de mesa redonda onde os participantes ficam próximos e o contato é no olho por olho
O modelo deste evento é uma espécie de mesa redonda onde os participantes ficam próximos e o contato é no olho por olho

Segundo ele, atualmente a carga tributaria representa 30% do PIB e o aumento de imposto tem o papel de remediar o que praticamente está perdido.  “Primeiramente e preciso ressuscitar o paciente, depois pensar em produtividade”, comenta. Molon diz ainda que os próximos indicadores no segundo e terceiro trimestres serão ruins, mas esperamos em um cenário de melhora com crescimento do PIB de 2% em 2017, depois de cair 9% em dois anos.

O economista aponta que a projeção para este ano para inflação e de cerca de 7% ainda este ano. “A taxa de juros vai cair, e o que traz otimismo para a economia brasileira”, comenta.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image