HOME Matérias Opinião: Governanta que executa, Gerente geral procura…

Opinião: Governanta que executa, Gerente geral procura…

769
0
SHARE
Madalena Ramos é Governanta Executiva, Instrutora da Hotelaria de Luxo e Autora do Livro Bastidores de um hotel de luxo

Artigo de Madalena Ramos*

Conceito segundo guia de profissões e salários: Uma Governanta dirige e organiza os serviços de atendimentos aos hóspedes como limpeza, lavanderia, conservação de andares e quartos, entre outros, afim de assegurar os padrões requeridos pelo hotel e atender as necessidades e satisfação dos clientes.  Simples assim… este entre outros, o que o conceito quer informar é que cada profissional conheça  bem e execute  o Manual de Governança de cada hotel.

Governanta produtiva, proativa e polêmica, que tem que dar resultados para empresa e lidar com sua equipe sempre amistosamente, é o maior desafio da líder que gerencia um departamento indiscutivelmente mais crítico, por cuidar do maior produto: o quarto.

Deixo claro que todos os setores tem sua valorização em um hotel. Porém o meu tema é a governanta que executa, aquela que entra em guerra na hora que pisa na sala de trabalho, estas tantas vezes em micro sala que mina toda energia do humano e passa o tempo lá dentro, com um  barulho de ventilador no seu ouvido se quiser  não sofrer com o calor infernal  e as vezes com sala vizinha a uma caldeira da lavanderia. Casos isolados.

Outro dia visitei uma governanta que a sala não cabia nem ela mesma, por tanto material ali armazenado.  Almoxarifado, achado e perdidos, tudo junto. Encontro inúmeros hotéis que tentam resolver sua situação ignorando a governanta e passa a vida inteira com uma supervisora de andares que resolve tudo… menos ter punho firme e postura, mas não altera a folha de pagamento, um dia… ela será  a governanta…ou é demitida e vem outra esperançosa que também não se qualifica e a reza é: não tenho tempo, aqui é sempre lotado, uma loucura. O que há de errado, não há planejamento? Ninguém se preocupa em previsão e provisão? O hotel ninguém respira, nada saudável, não basta às camareiras sempre sobrecarregadas?

As Governantas que executam são equilibradas, conscientes, experientes e sabe lidar com pressões e por isso exige da administração melhorias, mesmo os empresários fazendo vista grossa e deixar seu e empreendimento as moscas, isso não cabe a governanta, ela informa solicita e executa o que está em suas boas mãos.

Um setor que se diz viver sempre agonizando não tem uma dirigente preparada. É certo que encontrar mão de obra qualificada é figurinha difícil, porém aquele que está conosco é a maior razão de mantê-lo, estudar melhor o seu perfil e dar condição de se educar profissionalmente e não sobrecarregar assustando e perdendo os seus colaboradores.

É sabido de todos que quanto menor a função, maior o trabalho, e salário os mais baixos. Para aqueles com estudo e função mais leves os melhores salários e benefícios, então precisamos de todos, agora cabe abrir a cabeça, os que iniciam em trabalhos árduos e não se mostram interessados para focar seu chefe e obedecer em suas instruções, na maioria das vezes estas governantas acreditando em possíveis potenciais para desenvolvimento pessoal se tornam polemicas e mal compreendidas pelos colaboradores que ao entrar são Santos e tornam-se depois um problemão e até organizar a casa é um stress desnecessário, até convencer um RH e diretoria que preferem deixar tempos a fio individuo sem comprometimento pra segurar a taxa de turn over ,mesmo sabendo o prejuízo causado, equipamentos destruídos, retrabalhos, mal uso de elementos que revelam desperdícios e as vezes sai de circulação por maus zelo de funcionários revoltados, quando o corpo tá no hotel e a cabeça maquinando o que fazer  para ter razão em causa trabalhista.

Somente uma governanta com um olho clinico, não apenas para revisar um quarto ou um ambiente liberando para o hóspede merecedor de aconchego e satisfação em geral. Esta governanta não é nada fácil de encontrar, pode estar em sue hotel, esperando o reconhecimento de anos de dedicação e saber que sua voz será ouvida e o peso dela vale ouro, estas senhoras ou senhoritas que passam do horário e ainda faz plantão, tem muito a oferecer, vivem 8 a 10 horas lutando para o zelo do maior patrimônio a ela confiado, vive para reger uma equipe numa sinfonia que se destaca a medida que esta personagem é valorizada  e ouvida  pelo seus esforços em insistir nos treinamento para  turmas antigas ou novatos duvidosos que nem fique os primeiros três meses. Mas, a ordem é treinar, reeducar profissionalmente, contratar treinadores é acompanhar, sensibilize e a diferença vai acontecer.

Uma governanta positiva, entusiasmada deve está ai pertinho de você GG.

*Madalena Ramos é Governanta Executiva, Instrutora da Hotelaria de Luxo e Autora do Livro Bastidores de um hotel de luxo. Contato –madelayneramos@hotmail.com ; mrconsultoria2015@gmail.com

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image