HOME Matérias Trade GCVB realizou com sucesso 1º Mice Fórum Competitividade

GCVB realizou com sucesso 1º Mice Fórum Competitividade

33
0
SHARE
O evento reuniu cerca de 200 participantes

O hotel Sofitel Guarujá Jequitimar, localizado no Guarujá (SP), recebeu no último dia 14 de junho a primeira edição do  MICE – Fórum Competitividade, evento organizado pelo GCVB – Guarujá Convention & Visitors Bureau e que reuniu cerca de 200 participantes.

João Pollak, presidente do Guarujá Convention & Visitors Bureau (Fotos: Divulgação)
João Pollak, presidente do Guarujá Convention & Visitors Bureau (Fotos: Divulgação)

O MICE – Meetings, Incentives, Conferences & Exhibitions trouxe à tona os temas mais relevantes do mercado, em discussões apresentadas por especialistas e autoridades convidadas, na perspectiva do fortalecimento do destino Guarujá e de toda a região da Costa da Mata Atlântica. O Presidente do GVCB, João Carlos Pollak, durante a realização do evento, ratificou os esforços que a entidade faz para projetar o destino e, também, interferir positivamente na conquista de avanços já delineada. Entre eles, a concretização do projeto do Aeroporto e a expectativa de aprovação, pelo Congresso Nacional, do projeto da volta dos cassinos no Brasil.

A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, fez uma síntese da atenção que a municipalidade vem dispensando à atividade turística do destino. Rose de Almeida, sócia-diretora da consultoria de comunicação Rent My Brain, responsável pela produção e conteúdo do evento, externou a satisfação pela oportunidade de se discutir o presente e o futuro do turismo e eventos corporativos na região de Guarujá.

O deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, Herculano Passos, marcou presença no evento apresentando temas que são objeto da sua atuação parlamentar, com ênfase no projeto que trata da libração dos cassinos no país.

O deputado explicou que o tema resultou na criação da Comissão do Marco Regulatório dos Jogos, para dar celeridade à tramitação da matéria. Quando falou do caráter geográfico dos futuros cassinos, “São Paulo deverá abrigar três unidades – e Guarujá tem chances reais de ser uma delas. Numa hipótese otimista, o trâmite deve durar seis meses”, disse.

Dentre as palestras que seguiram, destaque para Maitê Uhlmann, turismóloga; Helenice Moura, pesquisadora em mídias digitais e que abordou competitividade na Internet; e Tiemi Yamashita, professora atuante na área de Sustentabilidade, que tratou do conceito japonês ‘Mottainai’, que abrange e focaliza a cultura do desperdício.

De acordo com Yamashita, que defende a união de esforços entre todos os elos e destinos, que juntos compõem a cadeia produtiva do setor, Pollak comemorou o pioneirismo do evento que contribui para projetar atrativos regionais ao mercado de viagens corporativas. “A quebra da sazonalidade é fundamental para impulsionarmos o desenvolvimento sustentável do setor. E o segmento MICE abre as portas para o aumento da demanda na baixa temporada”, concluiu.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image