HOME Matérias Trade Feiras de negócios movimentam mais de R$ 16 bilhões em São Paulo

Feiras de negócios movimentam mais de R$ 16 bilhões em São Paulo

18
0
SHARE

As feiras de negócios movimentam anualmente cerca de R$ 16,3 bilhões na cidade de São Paulo em bens e serviços, segundo a pesquisa “Avaliação do Impacto das Feiras de Negócios na Cidade de São Paulo”, elaborada pela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. O estudo foi divulgado nesta terça-feira, 22, no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital paulista.

O estudo foi realizado em parceira com as entidades UBRAFE – União Brasileira dos Promotores de Feiras, SINDIPROM/SP – Sindicato das Empresas de Organização e Montagem de Feiras do Estado de São Paulo e SINDIEVENTOS-SP/RJ – Sindicato interestadual dos trabalhadores de eventos no Rio e em Sã Paulo.

Ainda de acordo com o estudo, o setor de promoção comercial é caracterizado por uma sazonalidade bienal, sendo que em média ocorrem 803 eventos por ano na capital paulista, com um público de mais de 8 milhões de visitantes. Considerando de forma contínua e individual os dias de realização de eventos na região metropolitana de São Paulo em 2012, foi calculado um total de 2.280 dias de visitação a eventos e 6.840 dias de ocupação de espaço, considerando a montagem, a realização e a desmontagem.

Armando Campos Mello, Presidente Executivo da UBRAFE e diretor do SINDIPROM/SP afirmou que “o objetivo principal deste trabalho foi dotar as entidades parceiras na pesquisa de números que permitam planejar de maneira mais adequada com os vários agentes envolvidos o desenvolvimento e fortalecimento do setor, além de avaliar a importância do segmento e divulgar estas informações para a sociedade”.

A pesquisa também apontou que os expositores investem anualmente uma média de cerca de R$ 8,9 bilhões para a participação em feiras de negócios e eventos. Este investimento envolve o custo do espaço (metro quadrado e montagem), os serviços necessários para participação na feira (design, decoração, segurança, limpeza, alimentação e etc.), os custos de logística e transporte de material e equipamento, os gastos com a equipe no stand (hospedagem, alimentação, transporte etc.), os gastos com promoção e outras despesas.

 

 

A partir destes valores, a pesquisa concluiu que cerca de um terço dos quartos existentes na cidade são destinados aos participantes de feira de negócios e eventos, chegando à metade se considerada a base efetivamente ocupada nos hotéis. Além das despesas locais de R$ 4 bilhões, os gastos dos viajantes totalizam mais de 2,5 bilhões considerando transporte aéreo e locação de auto e transporte terrestre de longa distância.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image