HOME Matérias Aconteceu ENCATHO: Check-in muda controle acionário

ENCATHO: Check-in muda controle acionário

641
0
SHARE
Fabio Adriano da Silva: Vamos nos posicionar de maneira bem agressiva no novo nicho de mercado, mas não vamos esquercer nosso DNA que são os pequenos meios de hospedagens

Direto de FlorianópolisExclusivo – A Check-in, um dos mais tradicionais fornecedores de software de gestão hoteleira está com um novo grupo controlador. Esta é uma das novidades que a empresa está apresentando no ENCATHO / EXPROTEL que acontece no Centrosul, em Florianópolis até a próxima sexta feira, dia 29 de maio. O novo grupo controlador é formado pela empresa GPinheiro, que atua no segmento de construção civil e hotelaria e também por Fábio Adriano da Silva, que se desligou em fevereiro desde ano da Bematech, após 12 anos, para se empenhar neste projeto. “Adquirimos 75% do controle acionário e os 25% ficaram com o Vinicius Barreira que continua comandando a área de tecnologia. Temos um software modular, o NetHotel, que pode se adaptar a qualquer modelo de meios de hospedagem independentes e de redes. Seus 20 módulos contemplam os principais pilares de Vendas, Operações, A&B, Suprimentos, Financeiro, Contábil e Fiscal. O objetivo é melhorar ainda mais este software para posicioná-lo de maneira competitiva também para o meio da pirâmide do mercado, onde existe uma carência de opções para os hotéis e Redes, mas não vamos deixar nosso DNA que são os pequenos meios de hospedagem”, enfatiza Fabio Adriano que passa a ser o novo CEO da Check-in.

Segundo ele, está sendo realizado várias ações para reforçar este novo posicionamento de mercado da Check-in que serão apresentados na íntegra na feira Equipotel São Paulo que acontece em setembro. “A nova Versão do NetHotel deve atender a todas novas necessidades do mercado, no que diz respeito a Revenue Manager, Vendas ( fidelidade, channel, etc) e Auditoria Fiscal, permanecendo com a excelente performance, segurança, confiabilidade e fácil operação”, lembra Fabio Adriano.

Adriano destaca que estas novas ações e layout deverão demandar cerca de R$ 1 milhão em investimento e a expectativa é bem otimista ao momento do mercado nacional em função da economia, pois os valores praticados serão atrativos a essa realidade, com a principal diferença que o Hotel ou Rede não terão qualquer perda de funcionalidade. Muito pelo contrário, essa versão agregara novidades e inovações, mantendo a já tradicional estabilidade e performance. “Vamos atuar de forma bem agressiva no mercado e estamos fechando uma série de parcerias. Com isto, esperamos aumentar em 40% nosso faturamento neste ano” concluiu Fabio Adriano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image