Empresários debatem cenário ideal para incorporação no GRI 2016

Empresários debatem cenário ideal para incorporação no GRI 2016

35
0
SHARE
Painel debateu condições para incorporações hoteleiras

Com a participação de Guilherme Vialle, Gustavo Pelliciari, João Fiuza, Marcio Moraes, Antonio Setin, Paulo Mendonça, Renato Rizzo e Ruy Rego, o painel “Incorporação hoteleira: Empreender para sobreviver ou esperar para avançar?” deu continuidade à programação do segundo dia do GRI Hotéis 2016. O evento, que conta com a Revista Hotéis como Mídia Oficial, acontece no hotel Pullman São Paulo Ibirapuera, na zona sul da capital.

Os executivos afirmam que a questão econômica ainda pode afetar nos negócios, e discutiram sobre o tempo de recuperação da recessão e taxas – mas o consenso é de otimismo. Eles falaram ainda sobre o modelo ideal de operação – econômico, midscale e upscale; o que pode ser aprendido em tempos de crise e as perspectivas para os próximos anos.

A tônica do debate foi que o turismo de negócios ainda deve crescer no País, e isso deve aquecer o mercado de incorporações. Eles consentem que o investimento em cidades secundárias, fora do eixo Rio-São Paulo, pode ser uma boa saída. A situação dos condo-hotéis também foi abordada no debate, um modelo que têm sofrido com a situação político-econômica do País. Além disso, a interferência da CVM no mercado de condo-hotéis, compromisso no cumprimento de contratos, alternativas de fundo imobiliário para hotéis, e modelos de franquia também permearam a discussão.

A representante de uma construtora que atua em obras privadas declarou que sente maiores perdas para os clientes, mas percebe movimentos a partir de pedidos de estudos de viabilidade para hoje e afirma ter interesse em investir em infraestrutura na atividade hoteleira em áreas aeroportuárias, por exemplo.

Trofeu 1
SHARE

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA


CAPTCHA Image
Reload Image