HOME Matérias Entrevista Vitória Hotéis: Expertise em bem servir

Vitória Hotéis: Expertise em bem servir

308
0
SHARE
“Nossas ações sustentáveis são fundamentais para qualidade e eficiência operacional”

Com grande atuação na Região Metropolitana de Campinas, localizada no estado de São Paulo, a rede Vitória Hotéis  tem se consolidado no mercado hoteleiro desde o lançamento de seu primeiro empreendimento: um hotel de longa permanência inaugurado na cidade de Campinas, no ano 2000. A rede tem como foco principal a prestação de serviços para o público de business e atualmente possui quatro hotéis em operação, assim como sete restaurantes, dois spas urbanos e um buffet, todos na região metropolitana de Campinas.

Visando ampliar o leque de opções de hospedagem de qualidade na região para o público corporativo,  a rede inaugurou recentemente o hotel Vitória Convention Paulínia, na cidade de Paulínia, e este empreendimento já alcança taxas de ocupação acima de 80%. Para o próximo ano, a rede planeja investir em um hotel de categoria econômica na cidade de Piracicaba e crescer 10% em relação ao ano anterior. Confira mais detalhes dos planos de crescimento da Vitória Hotéis nessa entrevista exclusiva com Eduardo Porto, Diretor de Marketing da rede.

Revista Hotéis – Como e quando nasceu a Rede Vitória Hotéis? Ela foi criada com quais objetivos?

Eduardo Porto – Somos uma rede hoteleira com empreendimentos verticais e urbanos de qualidade, direcionados, principalmente, às necessidades de hospedagens do público business na Região Metropolitana de Campinas (80% de nossas estadas, nos quatro principais hotéis vigentes em Campinas e região, estão relacionadas às necessidades deste público). A rede é dirigida pelos empresários Luiz Eduardo Nogueira Porto, José Eduardo Nogueira Porto, José Moron, Marcos Marques e Benjamin Marques. O primeiro empreendimento do Grupo foi inaugurado no segundo semestre de 2000, para atender às necessidades de longa permanência: o Vitória Hotel Residence NewPort. Desde então – em pouco mais de uma década – viabilizamos mais três grandes hotéis com padrões similares em qualidade e conforto, sete restaurantes e espaços gastronômicos com cozinhas diversificadas, um lounge musical para drinks e música, um deck bar, dois spas urbanos e um bufê.

De fato, além dos serviços hoteleiros, queríamos proporcionar aos clientes essas possibilidades extras de interatividade social e gastronômica, idealizando espaços sociais que se tornassem interessantes, não somente aos hóspedes, mas também aos passantes e à população em geral. Essa condição de serviços especiais e complementares nos trouxe uma forma diferenciada de ampliar o posicionamento da rede no mercado e construir, assim, uma relação de proximidade, fidelidade e referências com clientes variados.

Foi assim que nasceram, então, três restaurantes com cozinhas diversificadas e premiadas pela Revista Veja Comer & Beber Campinas: Kindai (Cozinha Asiática), Bellini Ristorante (Cozinha Mediterrânea) e Esquinica (Cozinha Ibérica para jantares e almoços naturais e saudáveis), todos anexos ao Vitória Hotel Concept Campinas. Os restaurantes dedicados ao Comfort Food e à Family Food estão, respectivamente, instalados em Indaiatuba e Paulínia. São eles: o Vick Pizza Bar & Cozinha (no Vitória Hotel Convention Indaiatuba) e o mais recente restaurante inaugurado da rede, o Vitorino, em funcionamento no Vitória Hotel Convention Paulínia.

Além desses restaurantes, outros espaços sociais são administrados por nós: o lounge para drinks e pocket shows, iff! Bar (em funcionamento no Concept Campinas), o deck bar Maria Azeittona (no Convention Paulínia), além do nosso serviço próprio para bufês, Casa Bellini e os Spas urbanos Serena, que funcionam para passantes e hóspedes e foram viabilizados dentro do Concept Campinas e Convention Paulínia. Cada um de nossos restaurantes e espaços tem sua própria brigada e equipe de atendimento, tendo à frente chefs e profissionais dedicados e talentosos, além da gestão competente e minuciosa do setor de Alimentos & Bebidas.

Revista Hotéis – Quantos empreendimentos possuem atualmente em operação e quais os nichos de mercado que eles focam?

Eduardo Porto – Temos quatro hotéis com padrões similares e complementares em qualidade e conforto, sete restaurantes e espaços gastronômicos com cozinhas diversificadas, um lounge musical para drinks e música, um deck bar, dois spas urbanos e um bufê (além de salas de convenções e um hall especial para grandes eventos). Confira detalhes abaixo:

Vitória Concept Campinas

Campinas-SP: Este é o maior empreendimento da rede, marco de qualidade, principalmente para atendimento ao público business travel.

São apartamentos modernos e versáteis, localizado no coração do Cambuí e próximo dos melhores serviços da região de Campinas. Estão anexos ao Concept Hotel as marcas: Bellini Ristorante, Esquinica, Kindai, Iff! Bar, Serena Spa, bufê Casa Bellini e Vitória Hall (salão para grandes eventos).

Vitória Convention Paulínia

Paulínia-SP: O mais novo hotel da rede conta com uma área construída de 15 mil metros quadrados e apartamentos de linhas arquitetônicas contemporâneas e confortáveis. O empreendimento tem localização privilegiada e é o mais próximo do Aeroporto de Viracopos, da Capital e dos demais centros urbanos da Região Metropolitana de Campinas. Também fazem parte do Convention Paulínia: o restaurante Vitorino, o deck bar Maria Azeittona e a segunda unidade do Serena Spa.

Vitória Convention Indaiatuba

Indaiatuba-SP: Localizado próximo às principais rodovias da Região Metropolitana de Campinas, o empreendimento é considerado um confortável semi-resort, com ampla área de lazer, e pontos arborizados que trazem tranquilidade e lazer mesmo para quem busca os serviços corporativos disponíveis no local. Também faz parte do Convention Indaiatuba o restaurante Vick Pizza Bar & Cozinha.

Vitória Newport Residence

Campinas-SP: Localizado também no coração do bairro Cambuí, o Vitória Hotel Residence NewPort, atende, especialmente, hóspedes em busca de permanência moderada. São apartamentos estilo flat totalmente equipados para quem necessita de conforto e acessibilidade em períodos extensos. Também faz parte do NewPort o restaurante Garibaldi, com bufê ou a la carte de receitas cotidianas e reconfortantes.

Revista Hotéis – Todos os empreendimentos da Vitória Hotéis são de recursos próprios ou possuem capital de investidores?

Eduardo Porto – Sim, todos são de recursos próprios.

Revista Hotéis – Vocês pretendem crescer a Vitória Hotéis através de administração de empreendimentos de outros investidores e se consolidar em outras regiões ou vão manter esta mesma política que adotam?

Eduardo Porto – A Rede Vitória Hotéis tem por objetivo permanecer e expandir na Região Metropolitana de Campinas com seus próprios recursos. Nosso objetivo se mantém na Região de Campinas.

Revista Hotéis – Recentemente o Vitória Hotel Concept Campinas foi o primeiro hotel de São Paulo a receber a certificação da norma ABNT NBR 15.401:2006 Meios de Hospedagem – sistema de gestão da sustentabilidade e passou a fazer parte de um seleto grupo de 10 hotéis no Brasil com esta certificação. O que o hotel teve que implantar para conquistar esta certificação?

Eduardo Porto – As ações sociais sempre fizeram parte da cultura do hotel e as ações ambientais foram implantadas a partir de 2012. Essa certificação é uma norma brasileira de regulamentação, desenvolvida pelo comitê brasileiro de turismo da ABNT (associação brasileira de normas técnicas) e indica que o empreendimento tem controle dos impactos gerados pelas suas atividades, nas três esferas da sustentabilidade: ambiental, econômica e sociocultural.

Para o Concept a certificação atesta a postura sustentável de nosso empreendimento, sempre em busca de aprimoramento. Essa certificação apresentou diversas etapas que foram cumpridas: desde a criação do comitê de sustentabilidade, à criação da política da sustentabilidade, a criação de objetivos, metas e plano de ação, o levantamento da legislação aplicável, procedimento de monitoramento dos indicadores da sustentabilidade (consumo de água, de energia elétrica, redução de geração de resíduos, eventos envolvendo a comunidade, implantação de ideias dos colaboradores), treinamento dos colaboradores,  auditoria interna até checar a auditoria de certificação, que foi atribuída, ao Concept, em agosto de 2014. Para recebê-la, implementamos todos os itens obrigatórios da Norma, além de controlar indicadores, coletar evidências e sensibilizar os colaboradores.

Revista Hotéis– Quais as ações de sustentabilidade que a rede Vitória Hotéis emprega em seus empreendimentos e qual é o impacto que isto representa?

Eduardo Porto – Temos várias ações. Para nós, essas iniciativas têm se tornado, ao longo dos anos, ações fundamentais para mantermos a qualidade eficiente e responsável de nossos serviços. Ações empregadas:

– Redução no consumo de água a partir da conscientização por meio de palestras e treinamentos, além de encartes incentivando a colaboração dos hóspedes;

– Torneiras temporizadas nas áreas sociais, programa de reuso de enxoval, colocação de redutores de vazão nas torneiras;

– Redução no consumo de energia: palestras e treinamentos, substituição das lâmpadas por LED, substituição dos aparelhos de ar condicionado por modelos mais econômicos, sensor de presença nas áreas comuns;

– Implantação de coleta seletiva, doando todo o material para as cooperativas credenciadas pela prefeitura;

– Redução na geração de resíduos: aquisição de produtos a granel, quando possível, substituição de produtos de limpeza por multiuso biodegradáveis, relatório de desperdício de alimentos nas cozinhas e rigoroso controle de estoque;

– Processo de homologação de fornecedores;

-Gestão responsável de resíduos perigosos: lâmpadas, pilhas e baterias;

-Análise de ruído no entorno;

– Eventos em prol da comunidade: arrecadação de donativos, campanha do agasalho, projeto de plantio de crotalaria, apoio às instituições de ensino, evento em prol do Boldrini;

– Realização de pesquisa de clima com os colaboradores.

Revista Hotéis – No início desse ano vocês colocaram em operação o Vitória Convention Hotel Paulínia. Por que razão escolheram a cidade de Paulínia para abrigar este empreendimento? Houve alguma pesquisa mercadológica apontando a carência deste tipo de hospedagem?

Eduardo Porto – Sim, as pesquisas mercadológicas e as oportunidades identificadas são fatores essenciais para a construção de um novo empreendimento hoteleiro, e sem dúvida, a demanda frequente do público corporativo em nossa região foi um fator importante para o direcionamento deste novo projeto. O Grupo Vitória teve crescimento de 20% em 2014 e a expectativa para 2015 é um aumento de mais 10% em relação ao ano anterior. A cidade de Paulínia, além de oferecer localização privilegiada – próxima ao Aeroporto de Viracopos, da capital e dos demais centros urbanos da Região Metropolitana de Campinas – é uma região com grande capacidade para a expansão urbana e social, além de apontar uma das principais economias do país.

Revista Hotéis– Na sua opinião, quais são os diferenciais que este empreendimento possui para atrair e fidelizar os hóspedes e quem são eles?

Eduardo Porto – Conforto e eficiência são bases de todos os nossos empreendimentos. Acreditamos ainda que nossos serviços gastronômicos, de fácil acesso, e o receptivo diferenciado e realmente humanizado nos hotéis, restaurantes e demais espaços é um marco em toda Rede. Assim como nos outros empreendimentos hoteleiros nosso público principal para hospedagens está relacionado ao business (representa 80% de nossos clientes fidelizados). Esse público é sempre bastante exigente, necessita de agilidade e eficiência nos serviços, porém, não abre mão do conforto e atendimento amistoso, receptivo na medida – condição que sabemos ser fundamental para quem está sempre longe de casa.

Revista Hotéis – Como está a operação deste empreendimento? Está dentro da performance planejada? E quais as perspectivas nos próximos anos?

Eduardo Porto – Estamos cumprindo nossas expectativas e seguimos trabalhando. Durante a semana – em toda a rede – nossa taxa de ocupação está acima de 80% com presença marcante do público corporativo; trabalhamos para obter esses resultados também em Paulínia. Um dado interessante é que o deck bar Maria Azeittona e o Vitorino já conquistaram 46% do share total desde julho.

Revista Hotéis– Vocês estão construindo um hotel em Campinas no padrão econômico. Quais serão os diferenciais deste empreendimento? Como analisam o nicho de mercado padrão econômico?

Eduardo Porto – O diferencial será oferecer padrões de alta tecnologia aliados a um excelente custo- benefício e localização privilegiada (via D. Pedro I ao lado da Praça Capital Escritórios). O empreendimento terá 146 apartamentos, além de piscina, salas de reuniões, lounge bar e restaurante. A previsão de funcionamento é no primeiro semestre de 2016. Vemos este mercado, considerado econômico, como um nicho fundamental para complementarmos nosso portfólio junto aos clientes.

Revista Hotéis– Quais os planos de crescimentos da Vitória Hotéis nos próximos anos e como estão analisando as oportunidades mercado?

Eduardo Porto – O sexto hotel da rede será construído em Piracicaba. Com previsão de inauguração em 2016, estará localizado no Reserva Jequitibá, um bairro planejado que integra torres corporativas, espaços para eventos, tanto sociais quanto business, e shopping no formato Garden Mall (com foco em alimentação, serviços e conveniência). O empreendimento estará próximo ao distrito industrial Uninorte e de importantes empresas da região, além do fácil acesso ao novo Anel Viário. Serão 11 mil m², oito pavimentos, 176 apartamentos, restaurante e piscina. A área externa do empreendimento contará com mais de 1200 m² de construção, jardim com paisagismo e 200 vagas de estacionamento. Administraremos ainda um espaço anexo ao hotel, com dois salões para eventos sociais e outro para eventos corporativos.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image