HOME Matérias Aconteceu Desafios da hotelaria são debatidos no 3º Encontro Nacional de Gestão e...

Desafios da hotelaria são debatidos no 3º Encontro Nacional de Gestão e Hospitalidade

158
0
SHARE
Marco Túlio Quina: "A hotelaria nacional está passando por grandes desafios e quem não souber superar, não se mantém no negócios"

Direto do Rio de Janeiro – O Gestor Hoteleiro e Diretor da Real Hotéis, Marco Túlio Quina, terminou agora há pouco uma palestra abordando os desafios da hotelaria, estrutura, mercado e qualificação. Esta palestra faz parte da grade de programação da terceira edição do Encontro Nacional de Gestão e Hospitalidade que te teve início hoje no hotel Belmond Copacabana Palace, no Rio de janeiro com promoção da ABG — Associação Brasileira de Governantas e Profissionais de Hotelaria. Quina começou sua palestra questionando para onde vai a hotelaria nacional e fez um retrospecto da hotelaria nos últimos 50 ano. “A Hilton foi a primeira rede a entrar no Brasil em 1971, um produto formato nos Estados Unidos que abriu as portas do padrão internacional de hospedagem. Os hotéis na década de 70 significava um sonho, existia um glamour e com isto iniciou a profissionalização da hotelaria no Brasil”, destacou Quina.

Segundo ele, nos anos 90, começou a revolução da internet e as redes hoteleiras internacionais começaram na frente aproveitando esta ferramenta para apresentar seus produtos e serviços. Com isto, as redes familiares que dominavam o mercado, tiveram que se readequar para serem competitivas. “Em 2010 houve um boom hoteleiro no Brasil e com isto um impacto nas receitas. Os hotéis necessitaram reinventar o negócio para a própria sobrevivência. Para isto, teve que adotar novas ferramentas tecnológicas, implantar centrais de reservas e conviver com as OTAS – Agencia de Turismo On Line e mais recentemente o Airbnb”, lembrou Quina.

Ele destacou que hoje a preocupação dos hoteleiros deve ser outra e compreender os milleniums, canais compartilhados, segmentação de marcas, produtos públicos, as experiências e vivências e a internet das coisas que compreende muitas ferramentas tecnológicas. ”O hóspede hoje em dia quer vivenciar novas experiências e a hotelaria deve estar preparada para atender”.

Um slide que Marco Tulio Quina apresentou em sua palestra

Eles destacou outros pontos importantes que os hotéis deve ter como uma gestão focada em EBITDA (indicador financeiro) para evitar um turnover (desligamento de funcionários), custos elevados,queda de receitas, falta de treinamento, parametrizações e baixa motivação. Outros fatores que Quina destacou como desafios para a hotelaria é o excesso de comercialização das diárias por OTA´s que cobram um comissionamento com taxas elevadas, pulverização de canais de vendas sem foco.

Os diferenciais nos equipamentos hoteleiros foi outro tema abordado na palestra de Quina que mostrou três fotos de apartamentos para que os participantes pudessem descobrir qual a classificação hoteleira e a grande maioria não soube definir. “Hoje no Brasil a hotelaria está no oceano vermelho, é tubarão comendo tubarão, pois muitos empreendimentos deflagraram uma guerra de preço para se manter competitivo no mercado. Será que hoje em dia a hotelaria está se transformando numa commoditie? Então como diferenciar um produto de outro? Investir em gestão e recursos humanos é a solução. Turnover elevado não cria massa crítica de conhecimento na empresa e muitos salários e benefícios oferecidos pelas empresas não atraem colaboradores”, revelou Quina que também apresentou outros players que estão surgindo no mercado como as casas para festas que o Airbnb está comercializando “Segmentação de mercado é uma grande tendência e grandes marcas estão entrando no negócio hoteleiro como a Virgin. O Fasano saiu do segmento gastronômico e entrou com sucesso na hotelaria, assim como o Alex Atala e o Henrique Fogaça também pretendem entrar. Com isto, haverá uma pulverização maior na hotelaria, mesmo com as grandes fusões e aquisições que virão nos próximos anos”, concluiu Quina que também mostrou algumas inovações e gestões que estão sendo adotadas na hotelaria em alimentos e bebidas, assim como no planejamento de hotéis.

A reportagem da Revista Hotéis viaja ao Rio de Janeiro a convite da ABG Nacional para cobrir este evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image