HOME Matérias Cummins realiza evento e destaca investimento em geradores mais sustentáveis

Cummins realiza evento e destaca investimento em geradores mais sustentáveis

169
0
SHARE

Um evento realizado pela Cummins, fabricante global de motores e geradores de energia, na última quinta-feira, (7), fez um balanço do último semestre do mercado de geradores da fábrica este ano em comparação com o mesmo período de 2016. A empresa teve crescimento de 30% nas vendas, e se comprometeu em priorizar os investimentos na produção de geradores de energia de baixo impacto ambiental e a preços competitivos.

O evento aconteceu das 9h30 até 13h00 na própria fábrica da Cummins em Guarulhos. Após uma recepção com direito a café da manhã, os convidados e a imprensa foram convidados a assistir uma palestra sobre o novo posicionamento da marca, voltado para ações que priorizam o bem estar do meio ambiente.

Durante o evento, o clima positivo também se refletiu na mostra de estratégia global de unificação em todo o seu portfólio de negócios Power Systems com o novo posicionamento. Com efeito imediato as marcas Cummins Power Generation e Cummins Onan não estão sendo mais usadas na comunicação com o mercado.

A ousadia nessa trajetória e as boas perspectivas para a atuação da companhia no Brasil foram anunciadas por José Sampério, diretor da Cummins na América do Sul. Ele destacou as expectativas para 2018 e se mostrou bastante otimista. “Estamos confiantes de que vamos seguir ganhando participação no mercado através de nossa estratégia focada na marca, na qualidade dos nossos equipamentos e nos canais de serviços”.

 Experiência brasileira

A cada 10 geradores vendidos no Brasil, três são Cummins – Foto – photo4life

O mercado brasileiro recebeu uma atenção especial durante o encontro. Um balanço apresentado pela própria empresa apontou que a cada 10 geradores vendidos no Brasil, três são Cummins. “Para nós, são números expressivos, considerando que o mercado brasileiro é pulverizado e bastante competitivo”, afirmou o diretor da Cummins.

Ainda de acordo com Sampério, a Cummins considera o Brasil a maior economia da América Latina e o “motor” para os negócios de toda a região. Entre os setores brasileiro em que o mercado atua fortemente ele citou a construção civil, indústria, agricultura, data centers, saúde (em redes hospitalares), entre outros.

Sobre as dificuldades que a empresa ainda enfrenta, Sampério destaca o percentual de pessoas com celulares, o que consequentemente, cria data center: “os data centers são definitivamente um mercado em crescimento. O percentual de pessoas no Brasil com celulares ainda tem muito potencial para crescer e quanto mais pessoas conectadas, mais elas vão usar seus telefones. O grande desafio para nós é sermos capazes de fornecer um excelente atendimento ao cliente para esse segmento”.

Para o mercado externo, os números desse ano também foram positivos. “Nossas exportações cresceram cerca de 20% em comparação com o ano passado. O Brasil é um mercado bem posicionado para aumentar as vendas de exportação, pois está localizado no meio do continente e fácil acesso a países como Chile, Argentina, e Colômbia”, ressaltou.

O empresário também registrou que os negócios com a América Latina recebem o segundo lugar em importância para a Cummins, região que somente em 2017 foi instalado 1 Giga watts em geradores de energia. México e Brasil são os maiores mercados, com 28,2% e 28,8%, respectivamente. Chile juntamente com Peru respondem por 25,2% e Argentina, 10%.

 Energia limpa

A Cummins pretende lançar nos próximos dois anos geradores com baixa emissão de poluentes e com preços bastante competitivos – Foto – photo4life

Os investimentos em equipamentos de energia mais limpa foi o assunto mais debatido na reunião. A Cummins pretende lançar nos próximos dois anos geradores com baixa emissão de poluentes e com preços bastante competitivos. “Um dos nossos objetivos é que tudo o que fizermos deverá resultar em um ambiente mais limpo e seguro”, afirma Sampério. Ainda de acordo com ele, outra área de investimento está no incremento tecnológico em dispositivos de controles e painéis de equipamentos.

Assim como os investimentos para gerar energia limpa, o desenvolvimento de novos produtos e a diversificação de plataformas fazem parte da estratégia da companhia. De acordo com Rodrigo Giglio, gerente de engenharia, uma das inovações oferecidas aos clientes são as “arquiteturas modulares”, que permitem a montagem de um sistema de energia com mais de 250 mil combinações, a partir de apenas cinco produtos. “Isso nos dá total agilidade no atendimento e possibilidades de apresentar soluções customizadas, sem os problemas que muitas empresas enfrentam ao trabalhar com equipamentos de marcas diferentes e dificultando a integração do conjunto do sistema”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image