HOME Matérias Opinião Consultor analisa desempenho da hotelaria fluminense

Consultor analisa desempenho da hotelaria fluminense

111
0
SHARE
Mario Cezar Nogales: "conhecimentos aqui apresentados não são apenas tecnicidades, mas sim vivência e experiência no ramo hoteleiro pelos quais eu passei" Foto: Yara Pezeta

O consultor hoteleiro Mario Cezar Nogales está lançando periodicamente uma série de análises de desempenho da hotelaria em diferentes cidades brasileiras. Dessa vez, a cidade escolhida foi o Rio de Janeiro (RJ). Confira abaixo a analise apresentada:

*Mario Cezar Nogales

The Nogales Report

Análise da cidade do Rio de Janeiro de 2009 a 2015

Taxa de Ocupação

A partir de 2009 observamos crescimento da taxa de ocupação até o ano de 2011 a partir daí esta foi decrescendo até 2015 ficando este último ano com a menor taxa de ocupação (68,77%) desta série histórica; com os dados acumulados o volume de vendas teve uma perda em relação ao PIB nacional próximo a 7%.

Ocupação RJ 2009 a 2015

Diária Média
A diária média cresceu até o ano de 2014 entrando em queda no ano seguinte ficando semelhante ao ano de 2013, comparado à inflação acumulada pelo IGP-M quando considerando a diária média do ano de 2009 houve um ganho sobre a inflação no mesmo período acima dos 11%.

ADR RJ 2009 a 2015

RevPAR
Concomitantemente o RevPAR também cresceu até 2014 com uma boa queda em 2015 ficando menor que 2012 superando apenas os anos de 2009 a 2011.

RevPAR RJ 2009 a 2015

Previsões para os anos de 2016 a 2022 cidade do Rio de Janeiro

Taxa de ocupação

Permanecendo o recesso econômico no país a taxa de ocupação para a cidade do Rio de Janeiro permanecerá em queda até o ano de 2018 devendo estabilizar-se nos patamares de 60%, retomando o crescimento a partir de 2019 onde poderá chegar até 80% de ocupação até 2021 entrando em queda novamente em 2022 devido a possibilidade de entrada de novos meios de hospedagem relativos ao crescimento previstos a partir de 2019 estabilizando-se nos patamares entre 71% e 74%.

Previsão Ocupação RJ 2016 a 2022

Diária Média
A tendência até o ano de 2018 é de queda devendo estabilizar-se entre R$ 290,00 e R$ 310,00, a partir de 2019 com os índices econômicos e inflacionários previstos de retomada econômica a diária média volta a crescer podendo chegar até os patamares acima dos R$ 430,00 em 2022, ainda assim não atinge os resultados de 2014 e cai pela metade se comparados com o dólar americano.

Previsão ADR RJ 2016 a 2022

RevPAR
O comportamento do RevPAR segue a mescla entre a taxa de ocupação e diária média devendo sofrer quedas até 2018 e retomando seu crescimento até 2022, contudo será menor que o melhor ano do Rio de Janeiro que foi o ano de 2014.

Previsão RevPAR RJ 2016 a 2022

Próximo relatório será sobre a cidade de Belo Horizonte

*Mario Cezar Nogales é Consultor em hotelaria e autor de cinco livros para o setor – Contato mario@snhotelaria.com.br

 

SHARE