HOME Matérias Aconteceu Conotel discute atuação dos milleniums na hotelaria

Conotel discute atuação dos milleniums na hotelaria

130
0
SHARE
"A geração Y está em seu ápice hoje, é a geração que está consumindo, que está viajando e está no poder", avalia Fernando Martinelli, diretor executivo da Interval International

Terminou agora a pouco o painel “A atuação dos Milleniums no Cenário Contemporâneo da Hotelaria”, ministrado pelo diretor executivo da Interval, Fernando Martinelli, no 58º Conotel – Congresso Nacional de Hotéis, evento organizado pela ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis e que acontece no Pro Magno, espaço de eventos localizado na zona norte da capital paulista.

Na visão de Martinelli o mercado em geral mudou de maneira muito efêmera nos últimos dez anos. A evolução da tecnologia foi, segundo ele, um dos motivos para as mudanças na maneira como as empresas e consumidores se relacionam.

A importância de ouvir o cliente e entender quais suas demandas antes de investir em um novo negócio é essencial para o sucesso do negócio. “Você precisa ouvir o que o seu cliente precisa antes de investir em um novo negócio, pois hotéis são meios imóveis, não há como mudar de lugar após ser implantado”, avaliou.

O executivo, ao longo de sua explanação, analisou as diferenças das diferente gerações com base em uma linha do tempo, que vinha desde a geração tradicionalistas (nascidos antes de 1946), indo até a geração Z (centenials, nascidos após os anos 2000). “A geração Y está em seu ápice hoje, é a geração que está consumindo, que está viajando e está no poder. Para a geração centenials a internet é algo tão básico quanto energia elétrica. Com a evolução dos smartphones, vemos que hoje a gente está muito próximo de quem está longe e muito longe de quem está perto”.

Para ele, essa geração é surgiu na era globalizada, com a expansão tecnológica, economia mista, e que se preocupa com as mudanças climáticas. Em sua atuação no trabalho, vigora a frase “trabalhe junto com a empresa e não para a empresa”, onde caberá ainda mais do gestor. Dentre os valores dos millennials podem se destacar a diversidade, realismo, consciência ambiental, entre outros.

De acordo com a pesquisa “Futuro da Hotelaria”, da empresa Mapie, 34% dos clientes da hotelaria são da geração Y. “É preciso saber atender esse público, estar online, mas estar de maneira estratégica, com um bom conteúdo na plataforma digital. Se vocês querem se comunicar com essa geração, entendam que é preciso desenvolver um conteúdo de qualidade”.

A economia compartilhada foi levantada durante o painel, de acordo com Martinelli, os hoteleiros devem olhar para sites como o Airbnb e se inspirarem em serviços semelhantes de maneira aperfeiçoada para o cliente. “Nesse mundo nada se cria, tudo se copia, e de maneira melhor”, afirmou.

Ao final do painel o executivo apresentou alguns cases de sucesso de como algumas empresas estão se comunicando com os clientes pelo mundo. Como exemplo o perfil no twitter ‘Hilton Suggests’, criado pela rede hoteleira Hilton, onde usuários podem fazer perguntas sobre os melhores locais para comer em Washington DC, por exemplo.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image