Colaboradores do La Torre Resort (BA) realizam curso de Expressão Teatral

Colaboradores do La Torre Resort (BA) realizam curso de Expressão Teatral

10
0
SHARE
Seis colaboradores participaram da capacitação profissional em teatro, que lhes rendeu um certificado de abrangência internacional - Divulgação

Situado em Porto Seguro (BA), o Resort La Torre ofereceu a seis colaboradores da área de lazer o curso de Expressão Teatral, com o diretor e professor de teatro italiano, Enrico Fasella. Durante o curso, os colaboradores aprenderam técnicas de linguagem corporal, o volume de voz, expressões/sentimentos, de como interagir com o publico, de improvisação teatral, além de aprenderem a usar o microfone de forma correta, a usar o palco, a decorar textos.

A gerente de Lazer e Eventos do La Torre Resort, Lili Vergult comentou que esse tipo de formação foi primordial para o setor de lazer do La Torre, já que não existe formação reconhecida no Brasil para recreadores. “Buscamos sempre promover cursos de capacitação para nossos colaboradores, buscando não só oferecer os melhores serviços a nossos hóspedes, mas também a profissionalização da equipe”, ressaltando que o diploma recebido pelos colaboradores tem validade internacional.

Trofeu 1

Fasella é natural de Torino, na Itália, onde iniciou a carreira de ator em 1974, frequentando a Academia de Arte Dramática do Teatro Municipal de Torino. Durante seis meses ao ano, o diretor costuma vir à Bahia, período que ministrou o curso de 160 horas, que foi dividido em dois blocos de seis meses cada. O curso iniciou em maio de 2015 e foi concluído no último dia 12 – Dia das Crianças, onde os colaboradores apresentaram aos hóspedes do La Torre uma encenação das histórias dos Três Porquinhos e Chapeuzinho Vermelho.

Para o recreador Swing, o curso foi uma das melhores coisas que já aconteceu em sua vida. “Na realidade eu tinha resistência a aprender coisas novas e depois que fiz o curso todos os meus conceitos mudaram, agora quero aprender cada vez mais, busco mais informações na internet. Aprendi como falar ao microfone e a lidar com o público, mas, com certeza, o mais importante foi como esse aprendizado refletiu nas minhas relações de trabalho e em casa. Melhoraram muito. Aprendi a me valorizar mais e não vejo a hora de fazer outro curso”, conclui Swing.

Trofeu 1
SHARE