HOME Matérias Aconteceu Chiara Gadaleta aborda o poder do design consciente em evento da AccorHotels...

Chiara Gadaleta aborda o poder do design consciente em evento da AccorHotels  

64
0
SHARE
Chiara Gadaleta mostrou um pouco de sua experiência com as tradições indígenas em sua palestra

A fundadora do ECOERA, movimento dedicado a integrar os mercados de moda e beleza às questões ambientais e sociais, Chiara Gadaleta, terminou há pouco sua palestra na 3ª edição do Design & Technical Summit, evento promovido pela AccorHortels, que acontece hoje (28), em São Paulo (SP) e reúne profissionais das áreas de arquitetura, design e inovação.

O mundo está se transformando com velocidade e a preocupação com a sustentabilidade tem se tornado prioridade na agenda das empresas. Chiara falou sobre como as experiências conectadas ao design consciente e responsável podem se tornar ferramentas de mudanças nos negócios.

Com a virada do milênio, segundo Chiara, ocorreu a democratização do design e da sustentabilidade. Com isso, as pessoas passaram a se preocupar mais com ambas as questões, introduzindo-as simultaneamente, não só nas empresas, mas também em nossas casas. “O design é uma ferramenta de conservação social e ambiental. O tempo da sustentabilidade nos negócios finalmente chegou e as experiências compartilhadas expandem o conceito de comunidade e colaboram para a passagem do ‘ter’ para o ‘ser’”, relata ela.

Uma das paixões da especialista é a Biomimética, o estudo das estruturas biológicas e das suas funções, para assim aprender com as estratégias e soluções da natureza. Chiara fez uma analogia da natureza com o design, citando sua vasta gama de cores, grafismos e curvas. “O design só é eficiente se atender as necessidades sociais e integrar as comunidades locais, com experiências que valorizam nosso design e transformam a vida de muitas pessoas”.

Na sequência, a ex-modelo apresentou um vídeo que mostrava uma tribo indígena Amazonense, onde fundou o projeto Kaapu, que promove melhores condições de vida aos moradores locais por meio do artesanato, integrando design e sustentabilidade. Finalizando, em outro vídeo, comentou sobre o projeto Mãos do Meu Brasil, no cerrado e Mata Atlântica, que melhora a renda familiar da população, além de realizar a inclusão de gêneros por meio de trabalhos manuais sustentáveis realizados por artesãos locais, como crochê, tricô e bordados. “Graças ao design consciente e responsável, colaboramos com essas comunidades artesãs”, complementa Chiara.