HOME Matérias Aconteceu Captação e Retenção de Talentos na Hotelaria é tema de palestra no...

Captação e Retenção de Talentos na Hotelaria é tema de palestra no Pré-Conotel

39
0
SHARE

Como abertura oficial do Pré-Conotel, evento que acontece nesta sexta-feira (28) no hotel Pullman Ibirapuera, na capital paulista, foi ministrada a palestra “Captação e Retenção de Talentos na Hotelaria”. Vania Ejzenberg, da Ejzenberg Recursos Humanos; Fernando Viriato, Diretor de RH da Rede Accor e Andréa Nakane, Docente de Relações Públicas da Universidade Anhembi Morumbi foram os convidados para abordar o tema.

Vania iniciou o painel apresentando a importância do mercado de turismo mundial,  que representa 9,4% do PIB Mundial segundo a OMT de 2010. No Brasil, o setor emprega 6,1% das pessoas, gerando aumento de renda e considerando que 30% dos brasileiros tem intenção de viajar nos próximos seis meses. “Existe um potencial de crescimento de turistas estrangeiros, com a realização de grandes eventos esportivos mundiais. Porém, ainda há limitações no mercado, como a distância do hemisfério norte e da Europa; violência urbana envolvendo turistas; falta de mão de obra qualificada e carências na infraestrutura de aeroportos”, pontua a executiva.

A palestrante destacou que acredita que o talento sempre possa ser desenvolvido, através da formação dos talentos via faculdades, treinamentos, programas corporativos e investimento da empresa. “Nem sempre um profissional ousado e criativo é bom para todas as empresas. Por isso, é muito importante conhecer a realidade do profissional para que vá de encontro com a empresa”, comenta.

Segundo ela, os fundamentos de atuação da consultoria externa são: sigilo, confiança e isenção, para que seja uma parceria de longa duração e satisfatória. Para captar os talentos, Vania afirma que é preciso que a empresa e a consultoria falem a mesma linguagem, para traçar um perfil realista do candidato, um salário adequado às condições deste perfil e da posição, avaliação curricular e testes específicos, além de informações pessoais.

Fernando Viriato, representando uma das maiores empresas que contratam mão de obra para o segmento, falou que o momento de retenção de pessoas é preocupante no Brasil, pois “é um setor que usa extensivamente a mão de obra humana, diferentemente da indústria. Temos uma tendência de maior escolarização e capacitação da população, o que pode facilitar a contratação, mas pensamos em como garantir o crescimento do setor na oferta de empregos”, conta o executivo da rede Accor para as Américas.

Para Viriato, o setor é um dos pólos de atração para o mercado de trabalho, e desenvolver o talento das pessoas é um dos grandes desafios dos empregadores. Andréa Nakane completou dizendo que “a diversidade de carreiras enriquece o negócio. Hoje trabalhamos com a glocalização, que é pensar e agir glocalmente”.

Fermi também comentou sobre a importância da capacitação no setor, onde 93% dos hotéis são independentes no Brasil, e destes, 72% são de pequeno porte. O presidente da ABIH também falou sobre os cursos para a área, que focam muito na teoria, sendo que a prática é fundamental para o segmento.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image