HOME Matérias Trade Brasil é um dos dez países que mais sediam eventos internacionais

Brasil é um dos dez países que mais sediam eventos internacionais

146
0
SHARE
O turismo de negócios é um nicho que tem atraído cada vez mais eventos internacionais

Com 291 eventos realizados, o Brasil é um dos dez países que mais sediaram eventos internacionais em 2014. Também é o único país pertencente à América Latina que integra o grupo, de acordo com a Associação Nacional de Congressos e Convenções (ICCA, em sua sigla inglesa). O Top 10 conta com potências como Estados Unidos, Alemanha e Espanha, os três primeiros colocados no ranking.

Segundo informações divulgadas pela ICCA, à frente do Brasil estão também outros países europeus com forte tradição no turismo, como o Reino Unido, a França e a Itália. Completam a lista dos líderes na realização de encontros, congressos e convenções, o Japão, a China e a Holanda. Entre as cidades, destacam-se Paris, Viena, Madri, Berlim e Barcelona, nesta ordem.

De acordo com estudo do Ministério do Turismo, o turismo de negócios é o segundo maior fator de atração de estrangeiros para o país.  Responde por 25,3% do volume de visitantes de outros países. O gasto médio diário deste público é de US$ 102,18, cerca de 50% maior que o dos turistas que viajam a lazer.

Para atender a esta demanda crescente, o Ministério do Turismo vem investindo na infraestrutura voltada para o segmento. Por meio do PAC do Turismo, por exemplo, o Ministério do Turismo reservou R$ 680 milhões para a construção e reforma de centros de convenções em todas as regiões do país. A medida amplia a possibilidade de realização de eventos de grande porte em um número maior de cidades brasileiras.

São Paulo em 1º lugar

A capital paulista está entre as 35 cidades do mundo que mais recebem eventos internacionais, se posicionando em primeiro lugar entre as cidades brasileiras. A metrópole passa a ocupar a 34ª posição mundial, com 66 eventos, se posicionando à frente de destinos tradicionais, como Rio de Janeiro, que aparece ao lado de Lima, com 64 eventos, Toronto, Vancouver, Milão e Dubai. Dos 291 eventos realizados no País, 22,68% aconteceram em São Paulo.

“A boa colocação do país, assim como das demais cidades brasileiras e latino-americanas no ranking, mostra como São Paulo tem vocação para realizar eventos internacionais associativos, de extrema importância no mundo técnico-científico e responsáveis por trazer novidades, estudos e pesquisas nas diversas áreas do conhecimento”, comenta Toni Sando, Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau.

Em 2003, São Paulo ocupava a 98ª posição, com 7 eventos cadastrados. Com a profissionalização do mercado e criação de metodologia de pesquisa mais eficiente, a cidade iniciou um forte trabalho de evolução nos anos seguintes. Para ter o perfil ICCA, o evento precisa ser internacional, com periodicidade definida, rotativo, associativo e com presença mínima de 50 participantes.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image