HOME Matérias Aconteceu BNT Mercosul: Infinity Blue Resort (SC) investe R$ 10 milhões em retrofit

BNT Mercosul: Infinity Blue Resort (SC) investe R$ 10 milhões em retrofit

As obras tem previsão de finalização em 2019

91
0
SHARE
Apartamentos e área externa do Infinity Blue serão modernizados. Foto: Raiza Santos

Direto de Itajaí (SC) – Um dos grandes parceiros da feira BNT Mercosul, que acontece até este sábado (26) no Centreventos Itajaí (SC), o Infinity Blue Resort & Spa está passando por uma série de mudanças estruturais. O empreendimento aumentou o investimento em reformas para R$ 10 milhões, pela qual vai praticamente refazer os apartamentos, desde sua parte elétrica, até o mobiliário. As obras também atingirão a parte externa, e a modernização tem previsão de término no final de 2019.

Leia mais: Veja como foi a abertura da 24ª BNT Mercosul

De acordo com Alberto Cestrone, Diretor Geral do resort, o retrofit começou com a troca de pisos, mobiliário, cortinas, e outros detalhes. Mas ao entrar no apartamento após as pequenas mudanças, decidiram recomeçar a obra para que os quartos oferecessem ainda mais conforto ao hóspede. Estão sendo trocadas toda a parte elétrica e hidráulica dos quartos, além de alterações na área externa onde serão feitos um novo teto para a piscina térmica, um novo aquecimento para a piscina externa, e os caminhos para os blocos de apartamentos.

Cestrone afirmou que a obra não fará o hotel perder sua identidade, e que as obras acontecerão de forma silenciosa com ocupação normal. “O Infinity permanecerá sendo um resort de luxo com a mesma identidade, mas com algo novo até o final de 2019, para que os clientes tenham mais conforto do que já têm hoje”, comentou. Até o momento, dois apartamentos já foram concluídos como parte da revitalização do resort. No final do ano, 20 quartos devem estar entregues após a reforma, e até o fim de 2019, serão reformados os outros 100 apartamentos.

Alberto Cestrone, Diretor do Infinity Blue Reort & Spa

As obras serão feitas em horário reduzido, das 9h às 17h e com espaço de pelo menos um quarto vazio do hóspede para o espaço em obras, que vão incluir quebra de paredes, teto e pisos. “Tudo o que fizemos foi levando em consideração o que o hóspede nos diz. Toda semana avaliamos o que os clientes estão sugerindo, e nisso baseamos nosso trabalho”, disse Cestrone.

A marcenaria ficou a cargo da Embraed, com uma linha hoteleira exclusiva. Áreas de lazer como piscinas, recreação e SPA também estão englobadas no processo de modernização. As melhorias também estão relacionadas ao setor administrativo do resort que passará a ser englobado ao Centro de Serviços Compartilhados do Grupo, incluindo áreas como: administrativo/financeiro, contabilidade, recursos humanos, controladoria e tecnologia da informação.

A presidente do Grupo, Tatiana Rosa Cequinel, afirmou que concentrar e organizar setores administrativos ao Grupo é mais uma etapa de profissionalização que refletirá em grande desenvolvimento ao resort. “Esse modelo de gestão de facilities vem sendo aplicado com êxito em grandes organizações e segue os modernos princípios da Governança Corporativa. Com essa unificação de atividades, as gerências do resort como Comercial, Governança, Alimentos e Bebidas e Manutenção poderão estruturar com mais eficácia as suas funções e produtividade, além de pensamentos estratégicos junto à administração do Grupo”, complementou a presidente.


Desempenho
Em relação à receita, Alberto Cestrone diz que o resort está 7% acima do orçamento traçado para o período de janeiro a abril, e 67% acima da meta para 2019. “Se continuar assim, até setembro vamos ter completado o Budget de 2018. Depende muito do que vai acontecer, pois estamos em um momento complicado, mas acreditamos que vamos conseguir atingir esse número em setembro”, explicou.

A participação do resort na BNT Mercosul também impacta na performance do empreendimento. Segundo o diretor, a feira é uma das mais importantes feiras do setor no Brasil. “Ela fez com que Santa Catarina ficasse cada vez mais no centro do turismo brasileiro, e o estado tem um potencial muito grande de turismo. Santa Catarina tem uma diversidade paisagística além de uma arte do bem receber intrínseca ao povo do estado. Temos muitos clientes de outros estados e a feira abre a oportunidade deles conhecerem as novidades em produtos e inovações da cidade”, completou.