HOME Matérias Aumenta número de brasileiros que querem viajar este ano, segundo MTur

Aumenta número de brasileiros que querem viajar este ano, segundo MTur

O Nordeste deverá receber mais da metade dos potenciais viajantes do período

56
0
SHARE
Capital cearense sai na frente e estuda implantar modelo já utilizado em Nova York, Amsterdam, Barcelona e Paris - Foto: Divulgação

De acordo com pesquisa feita pelo estudo Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, realizada pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, a pedido do MTur, pelo segundo mês consecutivo ocorreu um aumento no desejo de viagem do brasileiro, no comparativo com o mesmo mês de 2016, em todas as faixas de renda avaliadas.

Conforme o levantamento feito em sete capitais, 21,1% dos brasileiros informaram que querem viajar nos próximos seis meses, percentual que supera os 18,7% de respostas positivas em fevereiro do ano passado. Brasília indicou o maior crescimento, de 5.3 pontos percentuais. Bem como, o aumento mais significativo da disposição de viajar até agosto deste ano se deu na faixa de renda entre R$ 4.801 e R$ 9.600.

Mantendo a primeira posição na escolha dos que foram interrogados, o Nordeste deverá receber mais da metade dos potenciais viajantes do período. A intenção de viagem para a região passou dos 50%. Segundo a sondagem, os estados nordestinos vão receber, em maior número, moradores do Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo. Os de Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre preferem o Sudeste, enquanto que os de Salvador gostam do Sul.

Houve um crescimento da opção por hospedagem em hotéis e pousadas no mês de fevereiro, em comparação com 2016. No entanto, sucedeu um  refreamento nas indicações sobre hospedagem em casa de parentes e amigos, de 39,7% para 36,9%. Em relação ao meio de transporte escolhido para as viagens que serão realizadas até agosto deste ano, houve crescimento na escolha pelo avião, de 51,9% para 57%.

O brasileiro também deverá usar mais o automóvel, com aumento de 26,1% para 29,5%. Somente no item ônibus, houve decréscimo, de 14,6% para 11,6%. Mesmo que 75,8% dos potenciais viajantes tenham dito que viajarão pelo Brasil, a pesquisa registrou aumento no desejo de viagens para o exterior, de 17,1% para 23,3%. Fato que pode ser atribuído à baixa na cotação do dólar em relação ao real.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image