HOME Matérias Trade Atlantica Hotels faz mobilização em parceria com a Childhood Brasil para o...

Atlantica Hotels faz mobilização em parceria com a Childhood Brasil para o dia 18 de maio

Rede hoteleira é pioneira na adoção do Código de Conduta do Turismo contra a exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil

84
0
SHARE
Atlantica Hotels em parceria com a Childhood Brasil no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes - Crédito: Divulgação

Uma importante data para a causa da proteção de crianças e adolescentes, o “18 de Maio” – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes – marca o início da tradicional campanha de mobilização social e arrecadação de recursos da Atlantica Hotels em parceria com a Childhood Brasil.

Durante todo o mês de maio, os hotéis da rede apoiarão e divulgarão a iniciativa do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, representada por uma flor amarela, que simboliza o cuidado às crianças e adolescentes de todo o País.

De acordo com Ana Paula Nunes, diretora-executiva de Gestão de Pessoas & Cultura da Atlantica, a campanha “É Legal fazer bonito, é legal Proteger”, que acontece anualmente em maio, intensifica as ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes na rede hoteleira. “Vamos manter a campanha durante todo mês com o objetivo de informar e sensibilizar os nossos hóspedes, investidores e fornecedores sobre a causa e, ainda, ampliar a captação de doações no check-in ou check-out”, afirma a executiva.

“18 de Maio” – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes – Crédito: Divulgação

De acordo com Heloisa Ribeiro, diretora-executiva da Childhood Brasil, as ações que marcam este dia visam mobilizar os diferentes setores da sociedade, autoridades e mídia sobre a urgência da proteção dos direitos de meninas e de meninos. “A Childhood Brasil busca transformar o tema da violência contra crianças e adolescentes numa questão social prioritária. Nesse sentido, é fundamental o engajamento no ambiente corporativo. Afinal, trata-se de uma causa que nem sempre se faz visível já que a sexualidade infantil e o abuso e/ou a exploração sofridos por meninos e meninas ainda são tabus para muitos”, declara Heloisa ao lembrar que a data foi instituída pela Lei Federal 9.970/00.

Para o 18 de maio, foram criados cartazes, poster eletrônico de elevador, lobby mídia e folder. Segundo Eva Cristina Dengler, gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil, cada hóspede será estimulado a fazer doação de R$ 1,00 e arredondar sua conta no momento do check-out. “Há possibilidade também de depositar moedas no cofrinho da recepção do hotel ou consumir produtos do frigobar que tenham o selo Criança Aqui é Legal!”, revela Eva. Todo o dinheiro arrecadado será destinado à causa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image