HOME Matérias Especial Área de lazer dos hotéis: um atrativo que fomenta o turismo

Área de lazer dos hotéis: um atrativo que fomenta o turismo

Investir no entretenimento das crianças com playgrounds e também dos adultos através de parques temáticos alavanca o faturamento e ainda atrai turistas estrangeiros

460
0
SHARE
O hotel também pode ser o motivo de escolha do destino pelos atrativos que oferece

Considerando seus recursos naturais, o Brasil possui diversas fontes de entretenimento — o que atrai turistas de todo o mundo para nossas praias, rios, cachoeiras, vegetação e muitas outras belezas. Soma-se a isso a tendência da prática do turismo ecológico e da interação com a rica diversidade de flora e fauna que o País oferece. De acordo com o Ministério do Turismo, só em 2016, o Brasil recebeu 6,6 milhões de turistas estrangeiros, que puderam conhecer partes do País durante o mega evento esportivo que recebeu e que potencialmente voltarão a visitar.

E para acompanhar os atrativos que cada destino oferece, os hotéis têm apostado também em opções de lazer internas, tornando seu empreendimento uma extensão do seu entorno. Playgrounds e parques cada vez mais têm sido a motivação de escolha das famílias para as férias, principalmente dos hóspedes mirins.

Enquanto os Estados Unidos são uma referência em grandes parques dentro dos hotéis, no qual Orlando e região, por exemplo, tem em seu setor de hospedagem um retorno de US$ 60 bilhões ao ano, de acordo com o Visit Orlando (órgão oficial do turismo da Flórida), o Brasil está caminhando mais devagar neste sentido. O País enfrenta o grande entrave de altos impostos para importar equipamentos e brinquedos que geralmente são fabricados na América do Norte, principalmente no Canadá, o que dificulta a aposta neste tipo de negócio.

Salvo o investimento crescente em parques dentro de resorts no Brasil, como já existem nas cidades de Rio Quente (GO), Foz do Iguaçu (PR), Aquiraz (CE) e Olímpia (SP) por exemplo, os playgrounds também são uma opção de entretenimento mais acessível e adaptável ao porte do empreendimento, gerando assim um retorno de maior ocupação nas altas temporadas e um atrativo a mais que pode pesar na hora da escolha do local onde passar as férias. (…)

Continue lendo esta matéria na íntegra com exclusividade em nosso aplicativo, disponível para plataformas Android e iOS (Apple): http://bit.ly/2io8j6a

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image