Anac aprova novo Plano Diretor do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu

Anac aprova novo Plano Diretor do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu

33
1
SHARE
Novo Plano Diretor planeja mudanças no sistema de pistas do aeroporto. (Imagem: Divulgação)

Em portaria publicada nesta quarta-feira (3) no Diário Oficial da União, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aprovou o novo Plano Diretor do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Ela permite que sejam reivindicados recursos para implantação dos projetos da nova pista de pouso e decolagem.

Com essa aprovação, o aeroporto já estuda o seu primeiro passo, que consiste na construção de um novo sistema de pistas. Gilmar Piolla, Vice-presidente do Fundo Iguaçu e coordenador do projeto, explica  que a reforma prevê a construção de uma nova pista de pouso e decolagem de 3 mil metros de extensão e 45 metros de largura  e que futuramente, será ampliada para 60 metros). Ela será paralela à atual, que será utilizada como taxiway.

Piolla ainda afirma que esse é um dos projetos mais completos já apresentados por aeroportos brasileiros: “Nenhum outro aeroporto tem um plano diretor com esse nível de detalhamento”.

Saga System´s

Etapas do projeto

São três horizontes de ampliação: o primeiro em 2019, depois em 2029 e finalmente em 2039. Na primeira etapa, além da nova pista de pouso e decolagem, orçada em R$ 300 milhões, o projeto prevê a ampliação do terminal para atender até 5 milhões de passageiros/ano, com a instalação de pontes de embarque e desembarque móveis (fingers) e um novo acesso viário.

Na segunda fase do plano, entre 2020 e 2029, o aeroporto receberá entre 7 e 10 milhões de passageiros; e na terceira fase, para além de 2039, chamada de “esgotamento do sítio aeroportuário”, receberá 19 milhões de passageiros, quando necessitará de um alargamento da pista, de 45 para 60 metros.

APP
SHARE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA


CAPTCHA Image
Reload Image