HOME Matérias Responsabilidade socioambiental Ações sustentáveis do hotel Ouro Minas são premiadas pelo TripAdvisor

Ações sustentáveis do hotel Ouro Minas são premiadas pelo TripAdvisor

Empreendimento recebeu selo “Eco Líder Nível Platina” do TripAdvisor, uma das principais classificações sustentáveis para o segmento

231
0
SHARE
Fachada do Ouro Minas Palace Hotel (MG)

Por reutilizar os recursos naturais para diversos fins, o Ouro Minas Palace Hotel, localizado em Belo Horizonte (MG) acaba de receber um reconhecimento do TripAdvisor: o selo “Eco Líder Nível Platina”, a mais alta classificação oferecida pelo site para um hotel com práticas sustentáveis.

Idealizado pelo TripAdvisor com a consultoria do PNUMA – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e da organização internacional Rainforest Alliance, o prêmio comprova que as empresas que receberam o selo desenvolvem ações relacionadas à economia de água, energia, destino de resíduos, conscientização dos hospedes e colaboradores, dentre outros.

Para o diretor do Ouro Minas, Alexandre Drumond, o selo é o reconhecimento de um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo hotel há décadas. “Sempre preocupamos com os impactos ambientais e, por esse motivo, investimos em ferramentas que buscam economizar recursos fundamentais, como energia e água, que também proporcionam a redução de custos operacionais”, celebra. Ao todo, o aporte para a implantação das medidas sustentáveis chega a R$ 6.018.800,00.

Para o diretor do hotel, é preciso saber conciliar a sustentabilidade com a rentabilidade saudável. Uma das ações idealizadas e implementadas pelas empresas são as soluções inteligentes para reutilizar a água, reduzindo o consumo e a conta que cresce cada vez mais com o aumento das taxas. “Adotamos medidas para reaproveitar a água do ar condicionado e desenvolvemos um projeto de conscientização com os colaboradores e hóspedes”, afirma Alexandre.

Por mês, o hotel reaproveita 120 mil litros de água, uma economia de aproximadamente R$ 34 mil reais por ano. Para evitar o desperdício, o Ouro Minas desenvolveu um projeto que recolhe a água dispensada pelas torres de condensação do ar condicionado central, que é imprópria para consumo, e reutilizá-la para a irrigação dos jardins. “O hotel sempre teve a sustentabilidade como prioridade. Estamos constantemente em busca de inovações sustentáveis para contribuirmos com a economia dos recursos naturais e por isso, desde 2011, reaproveitamos a água que seria desperdiçada para outras finalidades”, ressalta Drumond.

Desde a sua inauguração, o hotel implantou sensores de presença instalados em 100% das acomodações, o que evita que luz e aparelhos como rádio e televisão fiquem ligados quando o apartamento estiver vazio. Esse sistema permitiu uma economia de 12 mil kw/mês e uma redução de mais de R$ 37 mil reais na despesa anual.

Outro investimento realizado recentemente foi a troca de seis mil lâmpadas comuns do Hotel por modelos de LED, com o intuito de reduzir o descarte e consumo de energia. “Além disso, todas as lâmpadas queimadas são separadas e recolhidas por empresa credenciada, que reciclam e destinam corretamente os resíduos não recicláveis”, comenta o diretor. O hotel também utiliza o gás natural e geradores para economizar energia elétrica e orienta os hospedes a usar lençóis e toalhas por mais de um dia durante a estadia.

Em relação a iluminação, Drumond conta que o Ouro Minas possui 288 placas solares que aquecem 24 mil litros de água que são utilizados nas torneiras para banho e também para o aquecimento das piscinas, um aporte de R$ 350.000,00. “Todo o nosso terraço foi preenchido com essas placas para que pudéssemos aproveitar ao máximo toda a energia fornecida pela natureza”, esclarece.

O Ouro Minas tem um sistema especial na lavanderia para a lavagem das roupas de cama e dos hóspedes do hotel. Após completar o ciclo de limpeza, a água utilizada passa por um tratamento de purificação e de filtragem para tirar as impurezas e se transforma em água de reuso. A água é devolvida às máquinas de lavagem e servem para um novo processo. A instalação da estação dos efluentes teve um investimento de R$ 380.000,00.

Um dos maiores aportes do Ouro Minas foi direcionado à implantação de uma fachada termo acústica no hotel. O investimento, de R$ 4.500.000,00, foi realizado para o revestimento de 15 mil m² da fachada em alumínio termo acústico, que garante a redução do ruído externo, além de redução de incidência de raios solares diretamente na edificação, melhorando consideravelmente o sistema de ar condicionado central.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image