HOME Matérias Administração AccorHotels dá início a venda de participação na AccorInvest

AccorHotels dá início a venda de participação na AccorInvest

300
0
SHARE
Espera-se que o tramite e as negociações estejam finalizadas até o segundo trimestre de 2018. / Foto - Divulgação.

A AccorHotels anunciou recentemente ter firmado acordo com um grupo de investidores internacionais propondo vender a participação majoritária no capital da AccorInvest. Segundo os termos do acordo, seriam vendidos, a princípio, 55% da AccorInvest para Fundos Soberanos, sendo estes: PIF – Public Investiment Fund e GIC. Já os Investidores Institucionais seriam o Credit Agricole Assurances, Colony NorthStar e Amundi, entre outros. A venda resultaria para AccorHotels um montante de 4,4 bilhões de euros.

Segundo Sébastien Bazin, Presidente e CEO Global da AccorHotels, “esses acordos representam um marco-chave para o Grupo. Após a separação da AccorInvest em uma entidade jurídica segregada em julho de 2017, agora estamos selecionando uma mesa-redonda de investidores líderes, com base na valorização que reflete completamente a sua liderança global e a qualidade de seus ativos, enquanto construímos um relacionamento de longo prazo entre a AccorHotels e a AccorInvest. Esses elementos foram essenciais para o sucesso desta operação para todos as partes interessadas: equipes, parceiros, bem como acionistas atuais e futuros de ambas as entidades. A entrada de novos acionistas e a desconsolidação da AccorInvest fornecerão à AccorHotels uma importante margem de manobra para ampliar nosso crescimento dinâmico, estratégia de inovação e para criar valor para os acionistas. Em sua parte, a AccorInvest vai tirar vantagem do apoio de seus novos e poderosos acionistas, bem como terá uma fortalecida estrutura financeira para executar seu roadmap e continuar reforçando seu portfólio de ativos”.

A negociação que ocorreu com base nas práticas corriqueiras do mercado, acordou as seguintes condições para os contratos dos hotéis da AccorInvest: Os contratos de longo prazo seriam operados pela AccorHotels, os hotéis de luxo e upscale por 50 anos, e 30 anos para os segmentos midscale e econômico.

Dentre os pontos discutidos, foi acordado ainda que os investidores assumiriam compromissos vinculativos para realizar a transação, além da AccorHotels conceder exclusividade para os investidores. Espera-se que o tramite e as negociações estejam finalizadas até o segundo trimestre de 2018. Desta maneira, a AccorInvest seria então a responsável por utilizar o método de equivalência patrimonial nas declarações financeiras consolidadas da AccorHotels.

SHARE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image