Abracorp registra queda em vendas associadas

Abracorp registra queda em vendas associadas

Oscilação se deveu aos resultados descendentes apurados no 4º trimestre do ano

21
0
SHARE
Gervasio Tanabe, diretor executivo, com os dirigentes da Abracorp, Ronaldo Waltrick, Rubens Schwartzmann (presidente em exercício), Edmar Bull (presidente licenciado), Marcos Balsamão e Luis Vabo. (Foto: Divulgação)

A Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas divulgou no último dia 28 de janeiro, no Novotel Jaraguá, na capital paulista, os dados consolidados das transações realizadas em 2015, cotejados com os resultados de igual período de 2014. De acordo com levantamento divulgado, a movimentação das 29 agências associadas Abracorp resultou em faturamento de R$ 11.458.570.130 em 2015, contra R$ 11.725.449.831 de 2014.

Para o presidente em exercício da entidade, Rubens Schwartzmann, “O resultado mostra um quadro já detectado pela Abracorp na pesquisa extraordinária realizada entre outubro e novembro de 2015. Considerando o impacto da desaceleração da economia nacional como um todo, a oscilação do resultado do faturamento das agências associadas à Abracorp é nada alarmante. Cabe lembrar que, no atual cenário, os clientes das nossas TMCs pisaram no freio em termos de viagens de executivos a negócios. Porém, as agências associadas Abracorp também estão empenhadas em reduzir custos e aprimorar a qualidade do atendimento, obtendo assim a conquista novos clientes”, avaliou.

O levantamento ainda revelou que o resultado de R$ 11,4 bilhões em 2015 compreende o total das receitas obtidas em âmbito nacional com a venda de passagens aéreas para voos domésticos (37,6%) e internacionais (28,2%); hotelaria nacional (19,5%); serviços diversos (8,8%), como eventos, cruzeiros, assistência viagem, entre outros; hotelaria internacional (3,8%), locação nacional (1,6%) e internacional (0,3%).

Recuos

De acordo com os dados apresentados pela entidade, o segmento aéreo doméstico registrou queda de 6,3% na emissão de bilhetes e de 11% no faturamento com a venda dos mesmos. Nesse contexto de oscilação negativa, destaque para a performance da Avianca, com variação positiva de 8,2% na emissão de bilhetes. Cabe também registrar o desempenho das companhias menores nesse quesito, com crescimento de 127,2%. Pela ordem, a oscilação negativa na emissão de bilhetes ocorreu com a TAM (-11,9%), Azul (-10%) e Gol (-7,2%).

Com relação ao faturamento das empresas, a Avianca registrou crescimento de 8%. O recuo em faturamento ficou distribuído entre TAM (-17%), Gol (-15%) e Azul (-10%). No entanto, o conjunto das companhias menores registrou crescimento de 147%.

Na composição do market-share, em número de bilhetes emitidos, a liderança ficou com a Gol (31,6% do total), seguida da TAM (29,9%), da Azul (24,2%) e da Avianca (11,4%). Já a distribuição do bolo relativo ao faturamento é encabeçada pela TAM (32%), Gol (29,9%), Azul (26%) e Avianca (9,8%). Nota-se que TAM e Gol invertem posições em termos de bilhetes emitidos e faturamento.

Alta de room nights na hotelaria nacional

Em relação à hotelaria nacional, o segmento registrou aumento de 7,2% em room nights (quantidade de diárias comercializadas). O faturamento se manteve praticamente inalterado, com variação de -0,02%. Os hotéis independentes tiveram movimentação geral de venda reduzida em 11,5%, enquanto outras redes aumentaram a participação de mercado em 17,2%. O ranking de faturamento dos hotéis no mercado nacional, em 2015, posiciona, em primeiro lugar, o conjunto dos Independentes (53,1%); Outras Redes ficou (18,2%); Accor (10,1%); Atlântica (7,5%) – considerando os que lograram o melhor desempenho.

Principais Destinos

A somatória de dez cidades representa 94% dos principais destinos nacionais. A liderança é de São Paulo (32%), seguida de Rio de Janeiro (19%) e Brasília (10%). Nos destinos internacionais, EUA representam 29%. Santiago é o principal destino sul americano, superando Buenos Aires. As cidades de Miami (16%); Paris (10%); Santiago (10%) e Nova Iorque (8%) são aquelas que lideram em termos de destinos mais visitados.

Trofeu 1
SHARE