HOME Matérias Especial 7 medidas para economizar gastos na gestão de um hotel

7 medidas para economizar gastos na gestão de um hotel

232
0
SHARE
Hóspedes procuram hotéis que ofereçam conforto aliado a boas práticas ambientais - Foto - Divulgação

Gerenciar um hotel não é tarefa fácil, e uma das mais complicadas tarefas é fazer uma gestão eficiente dos gastos. Prezar pela eficiência e conforto exige um belo capital e uma renda bastantes rígida por mês, mas existem pequenas coisas que podem ser feitas no empreendimento para economizar verba, mas sem perder conforto ou elegância.

Uma empresa sustentável é uma ambição presente entre hoteleiros para o setor. Com o aumento de pessoas se preocupando com questões ambientais, um hotel que possua requisitos fundamentais (conforto, segurança, preço justo, mais outras amenidades) e de quebra esteja engajado com questões socioambientais tem bem mais visibilidade perante os turistas. Com dicas simples de serem aplicadas é possível conseguir o resultado esperado. Confira abaixo:

  1. Instale lâmpadas de LED nos espaços
Os LEDs possuem uma longa expectativa de vida, com cerca de 50.000 mil horas enquanto lâmpadas fluorescentes têm em média 16.000 mil – Foto – Divulgação

Lâmpadas LED têm durabilidade maior, consomem bem menos energia e garantem maior luminosidade aos espaços do hotel, uma opção bem mais recomendada do que as lâmpadas fluorescentes que, apesar de serem um pouco mais baratas, consomem mais energia, pouca vida útil e o preço com reparos e trocas serão mais constantes.

  1. Construa paredes envidraçadas
Paredes envidraçadas são aliadas para iluminação natural – Foto – Divulgação

Paredes de vidro podem substituir as de alvenaria, principalmente na sacada dos quartos. Isso faz com o que o ambiente ganhe iluminação solar durante o dia e dispense a necessidade de lâmpadas acesas. As paredes envidraçadas também podem ser instaladas em restaurantes e outras áreas comuns do hotel.

  1. Escolha os aparelhos certos
Não esqueça de verificar o selo Procel de Economia de Energia, que mostra o nível de eficiência dos produtos – Foto – Divulgação

Aparelhos elétricos que garantam comodidade e conforto dos clientes não podem faltar. Por isso, opte por eletrônicos que tenham um consumo moderado de energia elétricas. É importante verificar o selo Procel de Economia de Energia, que mostra o nível de eficiência dos produtos. A classificação é feita por letas que vão de A a G, sendo os aparelhos com letra A os que menos consomem energia.

  1. Troque interruptores normais por sistemas de cartão ou chave
Evite gastos de energia de clientes que esquecem as luzes acesas dos quartos – Foto – Divulgação

Muitos hóspedes se esquecem de desligar a lâmpada do quarto na hora de saírem, o que aumenta os custos de energia. Este problema pode ser evitado com a substituição do interruptor pelo sistema de chave ou cartão. Funcionando como uma chave geral do quarto, o sistema só libera a energia se a chave ou o cartão estiver no local indicado. Desta forma, quando o hóspede sai do cômodo e o retira, a lâmpada e os outros aparelhos são desligados automaticamente.

  1. Instale sensores de presença nos corredores

Utilizar a iluminação somente quando necessária é uma medida básica para economizar. Neste sentido, os sensores de presença dispensam a necessidade de manter luzes acesas em tempo integral, sobretudo em áreas de passagem como corredores. Sobretudo em períodos como a madrugada, em que o fluxo de hóspedes é menor, as luzes podem ficar apagadas e serem acionadas pelos sensores com a presença de pessoas no local.

  1. Adote sistemas de aquecimento de água mais eficientes
Você pode economizar até 75% de energia – Foto – Divulgação

Os sistemas de aquecimento de água convencionais, que funcionam por meio de gás GLP ou GN, diesel ou resistência elétrica, consomem muitos recursos tanto de energia quanto financeiros. Por este motivo, eles devem ser substituídos por bombas de calor que retiram o calor do ar e o transferem para a água. A solução é mais eficiente e requer menor consumo de energia, economizando até 75%, segundo a FASTERM, se comparado com outros sistemas.

  1. Treine sua equipe e oriente seus hóspedes
Capacitação e boas práticas passadas aos funcionários e hóspedes são eficazes para o processo – Foto – Divulgação

Os colaboradores do hotel devem ser treinados a adotarem as melhores práticas para contribuir com a economia de energia elétrica, como desligar equipamentos e lâmpadas quando não estiverem sendo utilizados. Orientar e incentivar os hóspedes a tornarem o ambiente mais sustentável também é fundamental, já que o espaço é comum e os benefícios podem ser usufruídos por todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image