HOME Matérias Aconteceu 4ª edição do Guia Michelin RJ & SP 2018 é lançado em...

4ª edição do Guia Michelin RJ & SP 2018 é lançado em grande festa no hotel Unique

O Oro é o primeiro restaurante da cidade do Rio de Janeiro a conquistar duas estrelas Michelin. Em São Paulo, o D.O.M manteve as duas estrelas e o Tuju conquistou pela primeira vez

200
0
SHARE
Da esquerda a direita da foto, Alex Atala, Geovane Carneiro, Felipe Bronze e Ivan Ralston comemorando as duas estrelas Michelin - Foto de Alê Virgílio.

O hotel Unique, localizado na zona Sul paulistana, foi palco na noite de ontem da entrega do guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo 2018, o mais prestigioso guia de classificação de restaurantes mundial. Ele foi criado em 1900 pelos irmãos fabricantes de pneus André e Edouard Michelin e era distribuído gratuitamente para os motoristas para eles encontrarem restaurantes pelas estradas. O Guia cresceu, virou referência e ganhou prestígio no mundo inteiro. Atualmente, a seleção é composta por 29 guias, que cobrem 28 países em quatro continentes e reúnem mais de 45 mil estabelecimentos no mundo. O Brasil é o único país na América Latina contemplado pelas avaliações.

Essa quarta edição da premiação no Brasil entregue ontem, apresentou como surpresa, o Restaurante Oro, do Chef Felipe Bronze. Ele é o mais novo duas estrelas Michelin do Brasil, sendo o único na cidade do Rio de Janeiro. O restaurante D.O.M do Chef Alex Atala também conquistou duas estrelas, assim como o também restaurante paulistano Tuju, do Chef Ivan Ralston. Até hoje, nenhum restaurante no Brasil obteve a conquista máxima de três estrelas, e apenas o D.O.M., detinha duas estrelas.

Os premiados com a categoria uma estrela do Guia Michelin – Foto de Alê Virgílio

Dois novos restaurantes paulistas estreiam na seleção dos restaurantes uma estrela do guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo. Comandado pelo chef Yamashita, o Ryo Gastronomia, especializado em Kaiseki (vários pratos servidos em diversãs porções), oferece ao público uma oportunidade de vivenciar uma experiência gastronômica japonesa completa e exclusiva. O outro premiado é o Tangará Jean-Georges, no Palácio Tangará. Do renomado chef francês Jean-Georges Vongerichten, a casa comandada pelos chefs Pascal Valero e Felipe Rodrigues, propõe uma moderna cozinha internacional, elaborada com os melhores ingredientes e sabores brasileiros.

O Chef Felipe Bronze leva para a cidade do Rio de Janeiro, a primeira duas estrelas do Guia Michelin para um restaurante – Foto de Alê Virgílio

Na categoria Bib Gourmand – de estabelecimentos selecionados por sua excelente relação qualidade/preço -, fazem sua estreia este ano o Fitó, sob o comando de Cafira Foz; Piccolo, liderado por Marcelo Laskani e Maurício Milani ; Petí Panamericana, do chef Victor Dimitrow ; e Bio, nova casa de Alex Atala, que traz os chefs  Raul Godoy e Platinni Vieira à frente da cozinha.

Segundo Michael Ellis, Diretor internacional dos guias Michelin, a seleção de 2018 do guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo reforça o potencial das duas cidades de se tornarem destinos gastronômicos internacionais. “Esses são os locais onde chefs nacionais e internacionais oferecem, cada vez mais, aos clientes a oportunidade de experimentar uma experiência culinária única e de alta qualidade, não encontrada em outro lugar”, destaca.

O Chef e restaurateur Jean-Georges Vongerichten, levou uma estrela Michelin para o Tangará Jean-Georges – Foto – Divulgação

Critérios da avaliação

Inspetores estrangeiros é que fazem a avaliação dos restaurantes, seguindo os mesmos critérios de avaliação usados nos outros 28 países onde circula a publicação. É levado em consideração a qualidade dos produtos, técnicas de preparo, harmonia dos sabores, personalidade e regularidade da cozinha. A cada ano os restaurantes são revisitados e se eles não se enquadrarem dentro dos critérios do Guia, podem perder estrelas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image